Morte Súbita e sua série

A adaptação do livro da J K Rowling, The Casual Vacancy ou Morte Súbita, não é fiel ao livro, mas cumpre sua função de entreter o telespectador.

Lançado em 2012, o livro da famosa J. K. Rowling – autora também da bem-sucedida série Harry Potter -, logo se tornou um best-seller, sobretudo por causa da marca que J. K. havia deixado no mundo após suas histórias sobre o bruxinho. A história de uma pequena cidade chamada Pagford e dos dramas que seus moradores sofrem após a morte de um membro importante do lugar até hoje ainda gera certa divergência de opiniões: uns amam e outros odeiam. A BBC ficou responsável pela adaptação da obra.

A série possui muitas diferenças em relação ao livro. A primeira é logo no seu início, com o desenvolvimento do Barry antes de sua morte, mostrando a relação que ele tinha com vários dos habitantes da cidade. A dramaticidade também está presente e, de certa forma, intensificada, principalmente por causa da mudança de mídia, pois podemos ver como certos dramas são realmente pesados e fortes, noção que as imagens nos passam.

PHOTOSPEED6NG  Television The Casual Vacancy

No entanto, algumas coisas realmente me incomodaram. Como a perda da acidez presente no livro, que era uma das melhores coisas da história e quase não se está presente em sua versão televisiva. Provavelmente deram prioridade ao drama. Outra coisa foi o subaproveitamento de umas das personagens mais fortes e com um papel importantíssimo na trama: a Sukhvinder. A garota mal aparece e quando aparece apenas fica com os fones de ouvido e com cara de paisagem. A atriz era maravilhosa e acho que daria conta da história super densa da personagem. A última coisa foi a alteração do final da trama. Não precisava, não teve tanto impacto.

No cast, alguns rostos conhecidos, como Rory Kinnear como barry fairbrother, rosto familiar para quem assistia a – maravilhosa, esplêndida, linda – Penny Dreadful e Michael Gambom, o Dumbledore de Harry Potter, como Howard. A atriz que faz Samantha, Keeley Hawes é como imaginei nos livros, o temperamento forte e, mesmo não tendo tanta importância quanto no livro, ainda é um dos destaques da produção.

No geral, a série consegue entreter e contar uma história muito boa, mas ela poderia ser bem melhor.

Ps: Não teve Umbrella da Rihanna e fiquei profundamente triste por isso.

E o que vocês acharam da série? Comentem!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s